Como recuperar arquivos excluídos de uma partição Linux ext3

Estava eu fazendo uma costumeira faxina em minhas pastas pessoais, quando descuidosamente excluí um arquivo que, não tinha nenhuma cópia de segurança, e que realmente não deveria ter sido excluído. Respirei fundo, e pensei na frustante possibilidade de ter que refazer todo o arquivo, jogando fora várias horas de trabalho.

Depois de alguns minutos consultando nosso amigo Google, acabei encontrando uma ferramenta chamada “ext3grep” (http://code.google.com/p/ext3grep/). Porém, como nem tudo é perfeito, também descobri que não se tratava de uma simples ferramenta que traria meu arquivo de volta com um simples comando ou com alguns cliques do mouse. No entanto, me parecia ser a única coisa capaz de trazer meu arquivo de volta à “vida”.

Para começar, é interessante desmontar a partição de onde o arquivo foi excluído o mais rápido possível, evitando que sejam gravadas informações que venham a impossibilitar a recuperação. Por exemplo:

umount /home

Porém, com toda a pressa e expectativa acabei me esquecendo disso!
Prosseguindo… Tive que instalar o ext3grep no Debian. Felizmente, isso foi bastante simples:

apt-get update
apt-get install ext3grep

Com a ferramenta instalada, a primeira coisa a fazer foi encontrar em que “lugar” (número do bloco da partição) esse arquivo estava. Para isso foi usada uma palavra chave (parte do nome do arquivo):

ext3grep /dev/sdb1 --search PalavraChave

Feito isso, obtive uma lista dos números de blocos suspeitos, e fui checá-los:

ext3grep /dev/sdb1 --ls --block 24680

Felizmente, encontrei o bloco que continha o meu arquivo em uma das primeiras tentativas.
Na lista apresentada, são fornecidas, entre outras informações, o nome do arquivo e o número do seu inode. E, com o número do inode do arquivo desejado em mãos:

ext3grep /dev/sdb1 --restore-inode 135792468

O arquivo foi restaurado em uma pasta chamada “RESTORED_FILES” com um nome parecido com “inode.13572468”.
Depois disso, foi necessário só mover e renomear o arquivo:

mv RESTORED_FILES/inode.13572468 ~/MeuArquivo.odt

Enfim, isso é tudo!
Felizmente, fui poupado de algumas horas de trabalho extra, e ainda fiquei com aquela gostosa sensação de ter aprendido algo novo!

Espero que aproveitem.

2 comentários sobre “Como recuperar arquivos excluídos de uma partição Linux ext3”

  1. Muito legal a dica, muito obrigado! esta devidamente anotada!
    E como vc disse Fábio, esse gostinho de ter aprendido/conseguido no final não tem preço!
    abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *